Conheça Vikeer, cantor e compositor LGBTQIA+ que vem servindo hits pops durante a pandemia

Atualizado: 7 de jun.

Do "Sertanejo Gay" ao funk natalino, mergulhe no universo colorido de Vikeer

O Paulistano Vikeer iniciou sua carreira musical em 2014 com o lançamento do single "Amores Vão e Vem", 5 anos depois, em 2019, lançou seu primeiro álbum de estúdio "Funk Me". A coletânea de hits traz influencias da música pop dos anos 2000, mas também se agarra ao funk e POP atual. No entanto, com o início da pandemia, à divulgação do disco precisou ser adaptada, fazendo com que outras canções fossem trabalhadas ao longo dos últimos dois anos.

Vikeer conta que seu projeto busca fazer com que as pessoas dancem ao seu som e reflita com as mensagens abordadas nas letras de suas músicas. "Apesar de a pandemia ter atrapalhado um pouco, o álbum trabalhou diversos singles, entre eles "Babalu", carro chefe do disco. A canção ganhou um clipe lindo com cenários, looks e coreografia. Com a pausa causada pela pandemia, investi em novos lançamentos, pois queria fazer com que as pessoas dançassem e se acalmassem com minhas baladas"- disse.

Entre as canções do disco, "Assassina" ganhou uma versão remixada pelo DJ Helinho Castelhano, que transformou a balada empoderada em um hino eletrônico, perfeito para fritar nas baladas. Não se rendendo a um único estilo, no final de 2021, Vikeer entrou no espírito natalino e lançou a envolvente "Quero Sentar no Noel", funk natalino para comemorar as festas do fim de ano.

Para o ano de 2022, Vikeer promete continuar servindo hinos para a comunidade LGBTQIA+ com o relançamento do seu primeiro disco, agora intitulado "Funk Me, A Noite Toda". O primeiro single do projeto se chama "Eu Te Amo Boy" e já sai nesta sexta-feira (8). Ansiosos?


Siga Vikeer nas redes sociais:


Instagram: @vikeer_musica

Spotify: Vikeer

Youtube: Vikeer Musica Oficial

74 visualizações0 comentário